TRANSCENDÊNCIA.

Minha foto
Meu nome completo é Ivone Henriques Sato, sou casada e feliz por ter encontrado o amor em minha Vida com "V" MAIÚSCULO,como costumo dizer e escrever, aqui deixo meus pareceres sobre a Vida, minha linda e amada Vida que ganhei de presente. Sim, de presente, viver é mesmo um lindo presente, portanto agradeço imensamente, principalmente aos meus familiares queridos, meu casal de filhos, casados, felizes, meus netos amados, dois lindos casais, hoje estão ficando adolescentes, eu, ah, sou uma sexagenária feliz da vida!!!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

AÇÕES LIBERTADORAS.

Olhar à nossa volta e tentar perceber o que de fato tem importância, pois é, agora nesse momento percebo que escrever as palavras com a nova ortografia é bobagem, estava fazendo isso e percebo que ninguém dá importância ao fato, tudo o que leio ainda é acentuado da moda antiga, sendo assim volto a acentuar do jeito que era, pronto, facilitando a leitura dos que aqui leem! 
Nada de esforço descomunal, né mesmo?
Hoje vejo que tudo ficou bem fácil, as dificuldades ficam por conta dos que complicam tudo, viver é simples, podem crer!
Rever os sentimentos com coragem e aceitação, pois é, sentir é uma coisa que não podemos controlar, eu sinto e pronto, posso até disfarçar, mas deixar de sentir o sentimento é impossível!
É mesmo meus amigos, sentir é tudo o que nos faz conhecermos a nós mesmos, eu sinto tudo o que todos sentem, amor, carinho, raiva também, porque não? Menos mágoas, não fico magoada com nada, esse sentimento dói muito, mágoas são maldades, portanto se a sinto estou cometendo maldades, principalmente comigo!
Em toda a minha longa Vida aprendi tudo de bom por opção, dei liberdade ao meu coração, rio quando sinto vontade, choro, esbravejo também em momentos que não dá para disfarçar, o meu maior amigo ou inimigo é o fato de eu não conseguir disfarçar o meu "sentir", sou sincera demais, mas como sou pessoa civilizada e educada dou um jeito de me controlar, assim não perco amigos e sou amiga de todos por escolha feliz em minha também feliz Vida!
Cada começo de nova estação climática dou um jeito de mudar algumas coisas, roupas boas, mas que não usei as doo com prazer, desligo facilmente de tudo o que é bem material, sem apego vou indo, do meu jeito e assim me sinto livre.
Não me defendo de nada, nem dos maus fluidos ou dos maus agouros, tampouco me benzo, rsrs, não acredito nisso, somente faço algo quando os sinto, é fácil, passo minhas mãos da cabeça aos pés e imagino indo tudo para o ralo debaixo do chuveiro, é assim que me sinto leve e feliz, questão de mente, essa é minha barreira de proteção!
Cuido bem dos meus, ou melhor, dos que eu amo e convivem comigo, portanto "meus" é força de expressão, nada é meu na verdade!
Estendo minha mão amiga sim, mas não saio "caçando" problemas "dozotros", isso não, pra que querer mostrar-me "boazinha"? Não há necessidade! Tenho de cuidar de mim, sendo assim cuido dos que convivem comigo, eis minhas ações libertadoras!
Aqui é meu espaço que divido com prazer contigo, portanto quando escrevo sobre mim é para quem sabe assim poder ensinar algo que foi bom pra mim, sendo assim é minha contribuição em trocar experiências e aprendizados!

Ivone